Como Praticar Cama Compartilhada com Segurança

Cama Compartilhada com Seguranca

AVISO: Este artigo sobre como praticar Cama Compartilhada com segurança tem por base a experiência pessoal do autor e a compilação de várias opiniões e estudos sobre o tema. A decisão e responsabilidade de praticar qualquer tipo de Co-Sleeping cabe em primeira e última instância aos pais. Em momento algum este artigo recomenda que pratique Co-Sleeping sem antes procurar o máximo de informação sobre o tema para poder tomar uma decisão informada e em consciência. As informações passadas neste artigo são destinadas a pais que estão empenhados em manter as crianças seguras e saudáveis. O autor não assume qualquer responsabilidade em danos sofridos nos bebés, crianças ou pais.

Em primeiro lugar é importante clarificar conceitos, pois ao contrário do que se lê e ouve muito por aí Cama Compartilhada não é o mesmo que Co-sleeping e sim um modo de Co-sleeping. – Podes explorar mais este assunto lendo o artigo «Devem os filhos dormir com os pais?» [ Link ]

Se leres o artigo indicado acima ou o seguinte [ Link ] facilmente irás perceber que não me revejo nas teorias que defendem que o Co-sleeping é algo não natural e tende a resultar em crianças inseguras e pouco autónomas. Dormir com os filhos é algo bastante natural pois todos os mamíferos dormem aninhados aos seus progenitores e a esmagadora maioria das aves também. Por norma estes animais não constroem uma toca ou um ninho para eles e outro para as crias com o objectivo delas ganharem autonomia e se desenvolverem mais rapidamente.

Posto isto é importante ressalvar algumas indicações de segurança para que quem deseje praticar Cama Compartilhada com segurança.

Em primeiro lugar algumas recomendações do que NÃO deves fazer para uma prática de Cama Compartilhada com Segurança:

  • Não deves utilizar perfumes ou loções de aromas fortes.
  • Não deves praticar Cama Compartilhada se fores fumador, uma vez que aumenta o risco de Síndrome de Morte Súbita. Se ainda és fumadora aproveita esta restrição para te inspirar a adoptares um estilo de vida mais saudável. 🙂
  • Não deves usar roupas de dormir com cordões ou fitas compridas, nem jóias.
  • Não deves praticar Cama Compartilhada se o bebé tiver febre alta.
  • Não deves Praticar Cama Compartilhada com um bebé e animais de estimação.
  • Não deves praticar Cama Compartilhada com um bebé e um irmão mais velho, dado que este não tem instintos maternais/paternais pelo que poderá não estar tão atento ao bebé na cama.
  • Não deves praticar Cama Compartilhada se fores obeso, uma vez que aumenta o risco de Síndrome de Morte Súbita. Se és uma pessoa obesa, aproveita esta restrição para te inspirar a adoptares um estilo de vida mais activo e saudável. 🙂
  • Não deves praticar cama compartilhada se tiveres bebido álcool, usado qualquer droga ou medicação.
  • Não deves praticar cama compartilhada se estiveres a sofrer de algum tipo de privação de sono.
  • Não deves  cobrir a cabeça com cobertores, almofadas, nem peluches.
  • Nunca adormeças com o teu bebé num sofá, cadeira, poltrona de amamentação, sofá-cama, cama insuflável ou colchão de água.

Depois de saberes o que não deves, está na hora de saberes o que deves fazer para praticar Cama Compartilhada com Segurança:

  • Ao praticares Cama Compartilhada deves ter em mente que é mais uma pessoa a dormir e por conseguinte a respirar no quarto, pelo que caso o quarto não seja bem grande deves considerar abrir um pouco a janela, ou a porta do quarto ou usar uma ventoinha de modo a circular e regenerar o ar do quarto. Claro que estas sugestões dependem obviamente do local onde te encontras e da estação do ano, mas o importante é garantires que haja uma regeneração de ar.
  • No seguimento do ponto acima deves ajustar as roupas e a temperatura do quarto para evitar que o bebé sobreaqueça. 
  • Deves praticar cama compartilhada com segurança idealmente num colchão no chão ou numa cama baixa. Se a tua cama for alta considera o uso de grades protectoras.
  • Deves amamentar o teu bebé pois as mães que amamentam passam mais tempo em estágios leves de sono, tornando-as mais alertas aos bebés. Elas também tendem a assumir automaticamente uma postura protectora, em C “cuddle curl” (com os joelhos dobrados para cima) que previne que o bebé desça e fique debaixo dos cobertores. – Podes e deves explorar mais este tema lendo o artigo «Será que o Leite Materno é assim tão importante, ou simplesmente voltou a estar na moda?» [ Link ]
  • Estas são as principais indicações para praticar cama compartilhada com segurança que deves levar em consideração antes de decidires aderir a esta prática. Poderás também imprimir este artigo e discuti-lo com os profissionais de saúde que te acompanham antes de tomares a tua decisão. Se este tema realmente te interessa e procuras informação ‘oficial’ sobre o mesmo, podes consultar e imprimir também o folheto «Sono Infantil – Orientações de Segurança» da Attachment Parenting International através deste [ Link ].

Esta foi a minha contribuição de hoje para a Comunidade Pais Mais Ligados, agora quero ver a tua! Aproveita este artigo para manifestares a tua opinião ou até mesmo para abrires um debate sobre o tema. Acredito profundamente que te sirvo melhor se usar o meu tempo e energia a criar novos artigos que te ajudem a tornar numa Mãe ou Pai Mais Ligado. Por este motivo, não entrarei em debates nem poderei responder aos comentários, mas eu leio todos e ficarei muito feliz em ler o teu. Se este artigo fez sentido para ti e achares que possa ajudar alguém, por favor partilha.

Com amor,

António

PS: Agradeço à Suzani e Filipe do blog www.pipipum.com pela cedência da imagem. Eles têm um blog cheio de ilustrações deliciosas sobre a sua aventura de pais de primeira viagem. Eu sou

Gostou deste artigo? Então comente, partilhe e seja o primeiro a receber todos os artigos da comunidade Pais mais Ligados, inscreva-se com o seu nome e e-mail para receber todos os artigos e novidades da comunidade.

2 comentários no post “Como Praticar Cama Compartilhada com Segurança