As vantagens de um Ponto Alto.

Uma das coisas que mais gosto de fazer é ir para um Ponto Alto.

É um hábito de reflexão transversal em todo mundo, desde os Índios Americanos, passando pelos Europeus e frequentemente usado no Oriente.

Num Ponto Alto consegues ver o todo e assim desvalorizar o que está a acontecer.

Num Ponto Alto consegues antecipar oportunidades que os outros nem sequer imaginam.

Num Ponto Alto consegues delinear estratégias que os outros nem sequer acham ser possível.

Num Ponto Alto consegues com maior facilidade encontrar formas de superar os desafios que se apresentam.

Num Ponto Alto consegues encontrar a paz ao perceber o quanto insignificante todos nós somos e que a nossa grandeza, seja ela qual for, não passa de uma mera ilusão.

Sempre que posso vou a um Ponto Alto para que quando não puder e precisar, seja fácil viajar para um Ponto Alto mentalmente.

Se queres praticar uma parentalidade mais consciente convido-te a utilizares esta estratégia do Ponto Alto.

Quando o teu filho estiver muito irritante, talvez até a faltar-te ao respeito e tu estiveres à beira de um ataque de nervos, imagina que estás num ponto alto a observar a situação. Provavelmente o que verás será uma mulher cansada que ao fim de um dia extenuante de trabalho tudo que queria era um pouco de paz e de ajuda nos afazeres da casa. Talvez também vejas uma criança que depois de um dia onde foi injustiçada ou oprimida na escola,  tudo o que queria era um abraço, um carinho e um tempo de amor sem grandes perguntas e como isso não acontece a criança não consegue evitar de fazer o que lhe fizeram a ela durante o dia.

Quando o teu filho fizer de tudo para sabotar o processo de ir para a cama, imagina que estás num ponto alto a observar a situação. Provavelmente o que verás será uma mulher cansada que ao fim de um dia extenuante de trabalho tudo que queria era deitar rapidamente o filho pois ainda tem a cozinha para ir arrumar. Talvez também vejas uma criança que sente falta de momentos de verdadeira conexão com os pais e a experiência que tem é que quando se ‘porta bem’ o tempo que está com os pais é muito mais curto do que quando faz tudo o que pode para não se deitar pois apesar dos pais se zangarem com ela, a verdade é que mesmo zangados eles estão lá no quarto a dar-lhe atenção e para ela mais vale um ‘mau momento’ do que um ‘não momento’.

Quando recebes informação da escola a indicar que o teu filho é pouco dedicado aos estudo pois passa a vida a conversar e a brincar com os colegas, imagina-te num ponto alto a observar a situação. Provavelmente verás um pai ansioso e com medo que o filho não esteja a aproveitar o esforço que estás a fazer para que ele tenha acesso à melhor educação que tu lhe podes dar. Provavelmente até verás um pai revoltado pelo esforço que está a fazer, pois no trabalho onde está não é remunerado como acha que deveria ser. Nesse local de trabalho há pessoas que trabalham menos mas que por se darem com as pessoas certas e criarem alianças ganham mais e são mais reconhecidos que ele e isso fá-lo odiar o emprego que tanto gostava mas que agora só o suporta porque precisa dele para pagar as contas. Talvez também vejas uma criança cujo maior talento é criar amizades, alianças e liderar. Num ponto alto podes olhar para o horizonte e ver que lá longe aquela criança tornar-se-á num adulto com uma capacidade incrível de criar alianças, liderar pessoas, rodear-se de pessoas muito mais capazes que ele e com isso tudo, aquilo em que ele se mete é sinonimo de sucesso sem que os outros percebem muito bem o que é que ele realmente fez para aquilo acontecer, mas o que é facto é que qualquer projeto onde ele esteja presente, a coisa  simplesmente acontece.

Quando o teu filho discute com um amigo, em vez de te apressares em resolver a situação imagina-te num Ponto Alto. Imagina que és uma rainha e do alto do teu castelo vês lá em baixo os teus súbditos a discutirem porque alguém roubou algo. Esse assunto perde a sua importância quando ao longe vês um exército inimigo que se aproxima para atacar o teu povo e tu sabes que quando isso acontecer ladrão e roubado se unirão, esquecem o que aconteceu e provavelmente um salvará a vida do outro.

Num ponto alto consegues compreender melhor o passado.

Num ponto alto consegues antecipar o futuro.

Agora que sou pai procuro sempre que posso tentar encontrar estratégias para estar com o meu filho num Ponto Alto e no meio da brincadeira mostrar-lhe as inúmeras vantagens e possibilidades e estar num Ponto Alto.

Esta foi a minha contribuição de hoje para a Comunidade Pais Mais Ligados, agora quero ver a tua! Aproveita este artigo para manifestares a tua opinião ou até mesmo para abrires um debate sobre o tema. Acredito profundamente que te sirvo melhor se usar o meu tempo e energia a criar novos artigos que te ajudem a tornar numa Mãe ou Pai Mais Ligado. Por este motivo, não entrarei em debates nem poderei responder aos comentários, mas eu leio todos e ficarei muito feliz em ler o teu. Se este artigo fez sentido para ti, por favor partilha.

Com amor,

António

Gostou deste artigo? Então comente, partilhe e seja o primeiro a receber todos os artigos da comunidade Pais mais Ligados, inscreva-se com o seu nome e e-mail para receber todos os artigos e novidades da comunidade.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.