“Um homem rico entrou num bar em Miami. Assim que ele entrou, ele notou uma mulher africana sentada em um canto.

Ele foi até ao balcão, tirou a carteira e gritou: “Barman! Quero comprar bebidas para todos neste bar, excepto para aquela preta ali!”

O empregado do bar recolheu o dinheiro e começou a servir bebidas grátis a todos no bar, excepto para a mulher africana. Em vez de ficar chateada, a mulher simplesmente olhou para o tipo e gritou: “Obrigada!”

Isto enfureceu o homem rico. Então, mais uma vez, ele tirou a carteira e gritou: “Empregado! Desta vez eu quero comprar garrafas de vinho e comida adicional para todos neste bar, excepto para aquela preta sentada ali no canto!” O empregado recolheu o dinheiro do homem e começou a servir comida grátis e vinho para todos no bar excepto para a africana. 

Quando o empregado acabou de servir a comida e as bebidas, ela simplesmente sorriu para o homem e disse: “Obrigada!” O que o deixou ainda mais furioso. 

Então, ele inclinou-se sobre o balcão e perguntou ao barman: ” O que há de errado com aquela preta? Comprei comida e bebidas para todos neste bar excepto para ela e em vez de ficar zangada, ela senta-se ali, sorri para mim e grita: “Obrigada!” Ela está louca?

O barman sorriu para o homem rico e disse: “Não, ela não é louca, é a dona deste estabelecimento.”

“Que os nossos inimigos trabalhem sem saber a nosso favor.” – Lamar Pittmon

 

(Visto 60 vezes, 4.279 )